terça-feira, 31 de agosto de 2010

às vezes gosto de fotografar coisas e assim #3




algures em trás-os-montes.

domingo, 29 de agosto de 2010


sexta-feira, 27 de agosto de 2010

sabes que és um bocado parva quando

não tens consegues ter força suficiente (ou será coragem?) para por fim a uma situação que apesar de te dar bons momentos e bem-estar momentâneo, mais tarde, traz melancolia, desassossego e noites mal dormidas.

[estou tão parva que até me custou a escrever a palavra 'fim'. quer-me parecer que vou continuar um bocado parva por mais algum tempo. como diz uma música que passa incessantemente na rádio - "i'd rather hurt than feel nothing at all"].

lullabye

haverá coisa melhor que adormecer ao som disto?

terça-feira, 24 de agosto de 2010

às vezes gosto de fotografar coisas e assim #2

apesar de não ter nenhuma formação, nem uma máquina toda xpto, gosto imenso de fotografar coisas e assim. não vão encontrar nenhuma ligação especial entre as minhas fotografias, nem nenhuma característica óbvia porque eu apenas limito-me a olhar para coisas e imagina-las como uma fotografia. se a imagem for bonita, tento captar tal como imaginei, se a imagem não for assim tão bonita, capto na mesma e depois aplico o efeito preto e branco. normalmente corre sempre bem.



segunda-feira, 23 de agosto de 2010

sabes que não és bem-vinda quando

vais ver um quarto para alugar num apartamento, e quando se bate à porta, a pessoa com quem terias de conviver nos próximos meses responde com a seguinte frase:

- fouda-se! naum deixam uma pessoa tar em paz, caralho! puta ca pariu esta merda toda e o caralho!

(como podem imaginar, os momentos que se seguiram foram bastante constrangedores. entrámos e ela voltou para a cozinha para fritar os seus rissóis. quando voltámo-nos a cruzar, ela fez o sorriso mais esforçado da história, ou isso, ou então estava a ter uma forte cólica intestinal naquele preciso momento).

devaneio #65738



quinta-feira, 19 de agosto de 2010

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

as curvas de Macedo de Cavaleiros



são para aí umas 6574 curvas e contra curvas em cerca de 50km e algumas mais parecem ângulos rectos. nas curvas de macedo é recomendado andar à 60km/h, mas às vezes tem-se que reduzir para 20km/h. este percurso faz-se em mais ou menos uma hora, dependendo do número de tractores, animais e avecs emigrantes que se encontre na estrada. nas curvas de macedo é quase impossível ultrapassar, mas quando há boa visibilidade pode-se arriscar a cortar algumas. na primavera, estas curvas até são toleráveis pois vê-se paisagens lindas. o resto do ano são uma grande chatice, principalmente quando se conduz um carro sem dirreção assistida e sem ar condicionado. e eu que o diga.

domingo, 15 de agosto de 2010




«I hate those moments right before you go to sleep where you are forced to think about all the things you try so hard to forget.»

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

ai ai

o que eu dava para ter visto este concerto ontem:


anyway, mais logo vou ver isto:


e viva as festas populares da terrinha. tenho dito.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

close to paradise


Sanabria, Espanha.

tirando as picadas de mosquito na testa (sim, na testa) e ter que dormir no chão sem colchão, foi muito nice.

domingo, 1 de agosto de 2010

a banda sonora dos últimos dias:

o burrito - fernando correia marques
na internet - quim barreiros
não faças como eu - toy
como uma tatuagem - micael carreira
só tu podes alcançar - 4 taste
morango do nordeste - canta bahia
teu jeito de cigana - luis manuel
etc.

viva as festas populares da aldeia, com os seus arcos coloridos e colunas de som em todas as ruas para presentear-nos com belas músicas durante todo o dia. por outro lado, ainda bem que existem auscultadores e sites assim que nos permite ouvir músicas como esta: