segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

feliz natal :D


segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

esta foto, apenas ii


e um aperto no coração. 

terça-feira, 26 de novembro de 2013

jodidamente bonito este nuestro planeta que nos estamos cagando poco a poco #5









macro shots de flocos de neve por alexey kljatov

para mim, a formação de flocos de neve é uma das coisas mais mágicas e intrigantes que há neste universo. 

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

sabes que a tua relação chegou àquele ponto de confiança quando

ele já não faz um esforço para acertar dentro da sanita.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

chegou aquela altura do ano

lenços desfeitos, amarrotados e meio usados por todo lado. lenços no meio dos lençóis, no chão, de baixo da cama e na mesinha de cabeceira. lenços em todos os bolsos das calças, do robe, na mala e no punho das camisolas. há mil lenços espalhados por todo lado!


domingo, 3 de novembro de 2013

esta foto, apenas.


françoise hardy by stephanie richter

domingo, 6 de outubro de 2013

lately ii


lately


quinta-feira, 3 de outubro de 2013

gosto de todas as estações, cada uma na sua medida. já tinha saudades deste tempo. de poder dormir aconchegadinha e tapar-me toda com as mantas (gosto especialmente de puxar as mantas quase até aos olhos lol). de poder estar no pc sem correr o risco de derreter os dedos nas teclas. dos duches de agua quente e de ver series com chuva a bater na janela. já para não falar dos assados no forno, das torradas e crepes com chocolate quente que combinam tão bem com este tempo. depois há as tangerinas e o aroma intenso que fica no ar depois de descascadas (para mim, o aroma do outono é tangerina). gosto também de sentir os raios de sol na cara naqueles dias frios e de céu limpo. gosto especialmente das cores do outono e de reparar nas árvores que sempre existiram mas que nesta altura chamam a nossa atençao com as suas cores vivas e composição diferente do resto do ano.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

olá, estou de volta acho.

pela primeira vez na vida pus os pés num ginásio e gostei da experiência. em casa está tudo bem, temos um membro novo na família - o simba - que ainda não tive oportunidade de conhecer mas que aposto ser a maior ternura e a minha mãe disse-me hoje ao telefone que o meu pai ajudou-a a dobrar lençóis o que me encheu o coração porque sei a cada dia que passa que o amor dos meus pais apesar de não ser arrebatador é genuíno. também, o baterista da minha mais recente obsessão segue-me no instagram. uh uh.

(suspiros)

domingo, 14 de abril de 2013

hoje

domingo, 7 de abril de 2013

uma coisa simpática para 2013

era os yeah yeah yeahs actuarem no dia 14 de julho no optimus alive a juntar aos alt-j e tame impala!

yeah yeah yeahs - sacrilege @ david letterman
ora bem, ando sem tempo para vir cá ao blog manter isto mais ou menos coise para os meus dois leitores regulares mas a verdade é que a minha vida tem andando de pantanas. muitas coisas inesperadas têm acontecido, uma por cada mês do ano até agora. espero que daqui em diante venham coisas simpáticas é que para já 2013 tá-me a dar um baile de 3-0. tenho que arregaçar as mangas e fazer me à vida para ver se faço alguns pontos. quero muito empenhar-me a serio em dois projectos completamente diferentes; um a nível profissional e o outro relacionado com fotografia. ando motivada, mas perco-me e distraio-me facilmente dos objectivos sempre com a desculpa de ter falta de tempo ou de não obter feedback a curto prazo. desculpas parvas é o que é. vamos a ver o que traz o mês de abril para além das dores de costas de fazer mudanças de casa e as chatices e burocracias do irs. 

domingo, 3 de março de 2013

privilegio x2


privilegio de conhecer esta região encantada e privilegio por conhecer os criativos realizadores desta obra.

sexta-feira, 1 de março de 2013

all is well that ends well.

esta foi a semana mais louca, intensa, surreal e emotiva da minha vida desde a semana académica de vila real de 2007. começou no domingo quando pela primeira vez na minha vida desrespeitei uma pessoa idosa. a dita veio tocar à campainha num domingo de manhã de forma insistente, umas dez vezes sem exagero, até alguém abrir a porta apenas para dizer que é feio estender roupa na varanda da frente. ainda por cima usou uma comparação racista para se justificar. claro que passei-me dos carretos, respondi-lhe mal e bati com a porta na cara. segunda começou com alguma boa-disposição, sol e tranquilidade e do nada, mesmo do nada transformou-se num pesadelo, num dos piores dia da minha vida. naquele fim de tarde o meu mundo virou de pernas para o ar em menos de um minuto, sem nenhum aviso, sem nada a prever. um choque que me deixou completamente atordoada e com o coração e a alma desfeita. foi um acontecimento tão estranho, tão inesperado e surreal que eu quase acredito que por momentos estive numa twilight zone, isto porque tudo o que aconteceu reverteu e agora já está tudo bem, no seu lugar e dentro da normalidade. pensar que no inicio da semana chorava baba e ranho e não via nenhum sentido na minha vida hoje já cantei a "dancing queen" no chuveiro e senti-me feliz e preenchida, é incrível.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013


ela tem cabelo desengrenhado, anda sempre despenteada. tropeça no próprio guarda chuva e pisa na lama. ela é trapalhona e distraída. não sabe tocar nenhum instrumento e nem tem muita pinta. diz muitas gaffes e não conjuga bem os verbos. anda sempre de sapatilhas e nunca usou batom. amua, chora muito e faz birras mas ele gosta dela assim.

ele é atlético, faz desporto ao contrário dela. sabe tocar baixo, tem uma banda e até canta. ele é cool e sociável, sabe falar de tudo. cozinha bem e é pantomineiro. é um pouco pessimista e inseguro mas tem um bom coração. às vezes é chato e ingénuo. não sabe escolher filmes ao gosto dela e adormece muito cedo mas ela gosta dele assim.

inspirado em: embeiçados, clã.

s. valentim

aposto que hoje há filas de espera nas esteticistas.

domingo, 10 de fevereiro de 2013

eu sentada numa esplanada a tomar um café e a ler um poema indiano sobre meditação. no bar ao lado um grupo de mulheres a cantar (mal) em karaoke a still loving you dos scorpions.  a vida devia ter uma banda sonora, o caraças.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

os meus sonhos são mais estranhos que os teus #2456

ontem sonhei que empurrei um homem que queria ficar com a minha casa de sonho para um poço de ácido e que o esqueleto dele trepou para fora para se vingar mas eu depois voltei a empurrá-lo para dentro com um pau comprido. e hoje sonhei que estava numa loja a experimentar calções de homem e que fiz um milagre ao ajudar um miúdo a sair de uma cadeira de rodas a andar pelo próprio pé. acho que era o simon dos misfits mas também podia ser um colega lá do trabalho. podem, por isso imaginar, o que vai dentro desta minha cabecinha ultimamente. 


sábado, 26 de janeiro de 2013

a serio, eu faço cada figurinha no bar do trabalho. já devo ser considerada a crominha lá do sitio. o outro dia consegui fazer um iogurte liquido "explodir" por todo lado. foi mesa, chão, mochila e só não acertou em nenhuma pessoa porque não estava ali ninguém no momento (graçàdeus). lá fui eu correr para o wc buscar toalhetes de papel para limpar a porcaria toda. quando a sujeira já estava mais ou menos disfarçada limpa sentei-me para comer o meu lanchinho e incrivelmente consegui derramar o que sobrou do iogurte nas minhas leggings que eram pretas por sinal. lá fui eu mais uma vez a correr para o wc com a mochila à frente para tentar disfarçar a bela porcaria. uma figura muito bonita de se ver, sim senhora. para finalizar em beleza só mesmo o resultado da tentativa de limpar os leggings pretos com toalhetes de papel. ficou ó uma bosta.


quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

às vezes gosto de fotografar coisas e assim #345






s.pedro fez as pazes, acho.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

começamos bem

chorei mais estes últimos dois dias do que em todo o ano 2012. já não estava habituada a sentir-me assim vulnerável, de ter um problema na minha vida o que é bom mas depois quando acontece algo um pouco fora do normal o nosso mundo abala com o triplo da intensidade. principalmente quando não era previsto, principalmente quando não estamos à espera e quando não tem uma razão lógica para acontecer. pois é, tou com paralisia de bell que me inibe completamente de movimentar o lado direito da cara e tudo porque um nervo "lembrou-se" de inflamar. é que nem existe um motivo especifico para isto e nem se quer existe um tratamento eficaz comprovado cientificamente. só posso esperar que daqui a um mês ou assim isto volte ao normal. assim como apareceu do nada, deve também desaparecer igualmente. felizmente não tenho dores, mas incomoda a falar, a comer e a beber e tenho que andar sempre a colocar lágrimas artificiais no olho direito porque não consigo fecha-lo e então seca muito facilmente. depois o facto de não poder contar aos meus pais que estão a mais de 300km de distância para evitar stresses e preocupações desnecessários também custa porque sabe sempre bem ter o conforto e os mimos deles, mas é melhor assim. e pronto, o mês de janeiro começa assim. daqui a uns dias volto a dar noticias, talvez com um post com melhor humor e a gozar com isto tudo, mas para já é isto.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

mónica 0 - 2 máquina

ontem, eu cheia de fome e com apenas 1 euro dirigi-me à máquina de snacks do bar para tirar algo para COMER. já cega de fome e a salivar por um bolinho apetitoso, fresquinho com chocolate e creme marquei o número do preço em vez do correspondente ao bolo. e o que me saiu na rifa????? uma bebida quando o que eu queria era mesmo COMER! e como se não bastasse não saiu uma bebida qualquer tipo fanta, coca cola, ou ice-tea...não, tinha mesmo que acertar no número da guaraná, GUARANÁ!!! já ninguem bebe guaraná, por favor. e pronto, lá tive que me contentar com uma barriga cheia de gás. episódios anteriores eu versus máquina aqui.