sábado, 27 de dezembro de 2008

Queimar calorias com bom humour!

...e agora que acabou o Natal, há que trabalhar para queimar as calorias que foram ganhas de comer as rabanadas, os sonhos, o bolo rei e os chocolates...e nada melhor para queimar calorias como dar umas boas gargalhadas!
Aqui vai uma ajudinha...vejam até ao fim, prometo que é bem melhor do que ir ao ginásio! :P


Ainda bem que apareceste - João Ceabra

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Feliz Natal


Mary Christo - Tribalistas

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

A barriga grande do Pai Natal e a janela pequenina.


Era uma vez uma menina pequenina que viveu a sua infância num país tropical, onde as casas não tinham chaminés e então o Pai Natal não tinha outro remédio se não entrar por uma janela que seria deixada entre aberta na véspera de Natal.
Num Natal a mãe da menina apenas deixou aberta uma janela pequenina da casa porque nessa noite até estava algum frio e então a menina ao apereceber-se disto, levantou-se sorrateiramente durante a noite e foi abrir a janela maior da casa e quando os pais se aperceberam e perguntaram o que estava a fazer ela explicou:
- O Pai Natal tem uma barriga muito grande...nunca ia conseguir entrar por aquela janela! :P
[ ...mas que menina tão esperta e preocupada ;) ]

domingo, 21 de dezembro de 2008

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Indefinições


O teu bem faz-me tão mal e o bem que me sabes é o mal que me fazes...
...e agora?
Razão ou Coração?

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Clandestino

...porque esta música tem me aquecido a alma nestes dias tão frios.

domingo, 14 de dezembro de 2008

Thanks :)


Num dia em que acordei melancólica, sem vontade nenhuma de sair da cama e com um estado de espirito igual ao estado do tempo, previa mais um dia enfadonho e triste na vila...

Felizmente e graças aos meus queridos e grandes amigos foi um dia alegre divertido em que esqueci-me por algumas horas tudo que me incomodava e ri, desabafei, dei gargalhadas, disse parvoices e fui feliz :)

Obrigada Claudia e Teresa pelas palavras confortantes
Obrigada Bruno pelo divertimento encontrado num jogo de pesca
Obrigada Marcia pelo arroz de marisco fantástico e pela optima companhia
Obrigada Lena pelas tuas tolices no msn que deixam me logo animada

E obrigada a todos os outros amigos que fazem parte da minha vida...devo muito a vós aquilo que sou hoje!

terça-feira, 9 de dezembro de 2008


Grrr...Insónias e devaneios definitivamente não são uma boa combinação para alguém que tem aulas às nove da manhã!

O melhor do Mundo...






Certo dia eu e mais uns colegas fomos visitar uma escola básica de Vila Real onde estão inseridas crianças com necessidades de educação especial, a fim de concretizar um projecto para uma unidade curricular do nosso curso, mas explicações e introduções à parte, o que realmente importa dizer é que foi uma experiência fantástica e muito compensadora acima de tudo.
Há muitas coisas que eu podia relatar sobre esta visita mas vou apenas mencionar a alegria, cumplicidade, ternura e sentido de amizade que é partilhado entre todos os meninos, funcionários e professores daquela escola. Foi incrível ver o carinho com que os ‘adultos’ se dirigiam às crianças e a maneira divertida e amorosa como eles retribuíam com brincadeiras, abraços, beijinhos e até com pequenas surpresas como um ramo flores improvisado que eu própria tive a honra de receber.
Eu tive o grande prazer de entrevistar os meninos e depois de algumas perguntas sobre a escola, amigos e brincadeiras preferidas cheguei à conclusão que ali tudo era divertido, e mais importante ainda, descobri que as diferenças existentes nos meninos com necessidade educativas especiais felizmente não são impeditivas de serem crianças com todas as regalias e direitos que merecem! Foi óptimo ver a enorme alegria ali presente, a bondade e ternura entre as crianças, as brincadeiras e conversas inocentes, as aventuras e traquinices e foi ainda melhor comprovar que as crianças são mesmo o melhor do mundo!

domingo, 30 de novembro de 2008

Fim-de-semana enfadonho na bila...

Não senti o abraço confortante dos meus pais
Não conversei com a minha mãe ao quentinho da lareira
Não discuti com o meu pai as últimas novidades futebolísticas
Não chateei o meu mano para me falar das suas conquistas
Não corri atrás do meu Nero até me cansar e até não puder mais
Não fui dar uma volta de carro só porque sim
Não comi chocolate enquanto ouvia radio no meu quarto
Não joguei playstation com o meu mano
Não ajudei a enfeitar o pinheiro nem a montar o presépio
Não fiz a sobremesa para o almoço de Domingo
Não bebi uns quantos favaios com a Marlene e com o Tiago
Não comi fritos e bebi tango com a Nokas
Não desabafei os meus devaneios com o Sásá e com o Vitor
Não bebi um sumo de laranja espanhol no balcão do Vasco
Não vi a minha avó
Não acompanhei a minha mãe à missa
Não vi a neve cair da janela do meu quarto
...

Tudo isto para dizer que é nestas alturas que damos o verdadeiro valor às pequenas coisas da nossa vida que podem parecer insignificantes e banais mas que na realidade fazem toda a diferença!
Fazeis-me falta...

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Um estado de espirito numa música



If you, if you could return
Don’t let it burn, don’t let it fade
Im sure Im not being rude
But its just your attitude
Its tearing me apart
Its ruining everything
And I swore, I swore I would be true
And honey so did you
So why were you holding her hand
Is that the way we stand
Were you lying all the time
Was it just a game to you

But Im in so deep
You know Im such a fool for you
You got me wrapped around your finger
Do you have to let it linger
Do you have to, do you have to
Do you have to let it linger

Oh, I thought the world of you
I thought nothing could go wrong
But I was wrong
I was wrong
If you, if you could get by
Trying not to lie
Things wouldn’t be so confused
And I wouldn’t feel so used
But you always really knew
I just wanna be with you

And Im in so deep
You know Im such a fool for you
You got me wrapped around your finger
Do you have to let it linger
Do you have to. do you have to
Do you have to let it linger


(Obrigada Carlinha pela dica do leitor ;P)

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Desassossego

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Scenic World, Beirut e um vídeo fantástico.

Descobri este vídeo (não oficial) fantástico de uma música igualmente fantástica quando andava a 'cuscar' o myspace desta banda e fiquei logo encantada com a sintonia de cada imagem com a essência da música e por isso achei que merecia ser divulgado aqui.

Há que dar merito ao autor do vídeo que o produziu, ao combinar e sincronizar centenas de fotos (tiradas por si mesmo) usando o efeito 'stop motion' e que teve este resultado brilhante:


Scenic World performed by Beirut

"The lights go on
The lights go off
When things don't feel right
I lie down like a tired dog
Licking his wounds in the shade

When I feel alive
I try to imagine a careless life
A scenic world
Where the sunsets are all
Breathtaking"

domingo, 9 de novembro de 2008

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Semana do Caloiro 08/09

Porque há imagens que dizem mais que mil palavras.






terça-feira, 4 de novembro de 2008

Emotional 'standby'


Turn me ON or turn me OFF...once and for all!

domingo, 2 de novembro de 2008

'O Jogo', emoção e uma foto...

Ontem foi mais um dia emocionante atrás do balcão da barraquinha de Serviço Social. Depois, de tirar muitos finos, servir muitos shots, cocktail e afins e aturar pessoas de todos os feitios e qualidades surgiu o momento alto da noite...

O Tiago Bettencourt & Mantha começaram a tocar a música 'O Jogo', uma música que sempre me provocou um calorzinha na alma e um arrepio pela pele. Tinha que aproveitar este momento ao máximo, então eis que me sentei em cima do balcão do nosso humilde estaminé e ali capturei toda a cor, toda a luz, todos os sons e todas as impressões de ouvir 'aquela' música ao vivo, foi emocionante, tanto que ainda tive que fazer um enorme esforço para não chorar baba e ranho ali e mesmo assim os olhos ainda brilharam...talvez também pelo meu estado de espirito melancólico que correspondia na perfeição com a essência daquela música...



Mais um dia em vão no jogo em que ninguém ganhou
Dá mais cartas, baixa a luz e vem esquecer o amor
És tu quem quer
Sou eu quem não quer ver que tudo é tão maior
Aqui está frio demais pra apostar em mim

Vê que a noite pode ser tão pouco como nós
Neste quarto o tempo é medo e medo faz-nos sós
És tu quem quer
Mas eu só sei ver que o tempo já passou e eu fugi
Que aqui está frio demais pra me sentir... mas queres ficar?

Tudo o que é meu
É tudo o que eu
Não sei largar
Queres levar
Tudo o que é meu
E tudo o que eu
Não sei largar

Vem rasgar o escuro desta chuva que sujou
Vem que a água vai lavar o que me dói
Vem que nem o último a cair vai perder

Tudo o que é meu
É tudo o que eu
Não sei largar
Queres levar
Tudo o que é meu
E tudo o que eu
Não sei largar

Vem rasgar o escuro desta chuva que sujou
Vem que a água vai lavar o que me dói
Vem que nem o último a cair vai perder

Não... vai perder...


Mas isto não é tudo, já o concerto tinha acabado e tavamos nós descansadas a ver quem passava quando de repente passou o Tiago Bettenvourt e o resto do staff dele pela nossa barraquinha e melhor pararam lá e convidaram-nos para beber um shot todos juntos para celebrar o concerto que tinha corrido às mil maravilhas...e mais eu ainda tive direito a uma foto :P

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

24h de bons momentos num dia especial :)

Esta entrada é bastante extensa mas nem podia ser de outra maneira ;)

Ontem, dia 28 de Outubro, fiz aninhos, não preciso de dizer quantos porque para mim é apenas um pequeno pormenor e afinal a idade é só um número, o que conta é o espírito e felizmente o meu continua muito juvenil, apesar de algumas pessoas acharem que já é altura de ganhar juízo, se calhar até têm a sua razão mas eu até sou ajuizada…quando a situação o exige ;)

Mas o que eu quero mesmo divulgar aqui não é a questão de idade e de juízo correspondente, mas sim as 24h de momentos únicos, inesquecíveis, felizes e de pura cumplicidade com os melhores amigos do mundo, e não, não estou a exagerar, foram mesmo 24h e se fosse mesmo rigorosa até seriam mais horas porque tudo começou por volta das 21h30, ainda dia 27 de Outubro, quando chegou aquele grupo de amigos do coração para jantar e escusadamente dizer beber em minha casa. Eu fiz um carilzinho que ficou divinal (parece que definitivamente uma das minha qualidade é cozinhar) e foi acompanhado por bastante vinho, óbvio, e inevitavelmente os nossos brindes indispensaveis para a desgraça. A sobremesa foi o tradicional bolo e outras bebidas espirituosas que ajudaram a animar ainda mais o ambiente, ou seja, muitas gargalhadas sonoras, pouca conversa e algumas músicas cantadas desafinadamente e ainda por cima à desgarrada para azar dos vizinhos e companheiras de casa mas para grande alegria nossa. Entretanto a hora do encontro estava a aproximar-se, tinha combinado com o resto do pessoal por volta das 23h30 para então celebrar o meu B-day no nosso barzito de eleição que passo a fazer publicidade Xots bar onde os empregados são muito simpáticos e têm um amendoins salgados óptimos. Lá fomos nós e às horas combinadas o pessoal começou a chegar, finalmente chegou a meia noite e pronto, já se imagina a alegria, muitos beijinhos, muitos abraços e muitas emoções, cantamos os parabéns, eu fiz um desejo e trinquei as velas com muita convicção (quem sabe se o segredo em os desejos concretizarem-se não está no tratamento da vela na hora da trinca :P) distribui-se mais bolo e champanhe gentilmente cedido pelo Xots e depois, depois foi o momento de abrir as prendinhas onde recebi de quase tudo, desde de bolachas disfarçadas em prenda, quadros de ponto cruz, um urso de peluche quase do meu tamanho, acessórios e um perfume,e até recebi um estojo do Spongebob que eu tanto adoro e venero (aqui o meu lado mais juvenil a manifestar-se :P). Depois começou a ficar tarde e como o pessoal tinha aulas de manha começou a ir embora, mas os mais resistentes seguiram para outro bar para dançar, tirar algumas fotos para mais tarde recordar e dançar mais um pouco até a pista fechar. Vim para a minha casinha, deitei-me e a festa continuo nos meus sonhos (como podem ver foi mesmo 24h de aniversário). De manha fui à aula, sim, porque afinal eu sou ajuizada quando quero, :P e por lá se prolongou os parabéns o almoço (um bocado improvisado) foi na companhia da Márcia, durante o resto do dia lá fui recebendo mensagens dos amigos que estão mais distantes mas na mesma perto do coração, da familiazinha e também de alguém que não esperava… Depois de jantar eu e a ‘mesma de sempre’ :P fomos dar um passeio nocturno, onde acabamos a comprar guloseimas e a saborear um capuccino ao som de jazz ao vivo por ‘Nokas e Zé Lima’ uma dupla de contra-baixo e acordeão muito talentosa e que para quem quis ver podia perceber bem neles o prazer que estavam a ter em produzir aquelas música quentes e harmoniosas. Quando a música cessou instalou-se o momento ‘mais ajuizado’ do dia, onde houve uma conversa muito agradável e ‘intelectual’ onde abordamos assuntos políticos (sim, leram bem :P), a questão do aborto e da adopção por casais homossexuais e claro que falamos também de assuntos mais pessoais e íntimos característicos de uma amizade que se preze :)
Como vêm não estava a exagerar quando disse ‘24h de bons momentos num dia especial’!

Resta-me agradecer a todos os meus queridos amigos que fizeram deste dia definitivamente inesquecível, agradável, surpreendente, divertido, emotivo e acima de tudo FELIZ!
A vós devo-vos muito daquilo que sou e grande parte da minha felicidade.
Um grande obrigada a todos por nunca me desiludirem e estarem sempre à altura das minhas expectativas.
ADORO-VOS muito…vocês sabem ;)

terça-feira, 28 de outubro de 2008

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Um prémio para quem souber a resposta.

Porquê que os Flinstones comemoravam o Natal se eles viviam numa época antes de Cristo?


...Esta já é a minha segunda entrada no blog relacionada com a época do Natal num curto espaço de tempo, deve ser o meu espirito natalício a antecipar-se inconscientemente...

Ah! e mais uma coisa, o prémio é supresa...e a supresa é que não há prémio! :P

terça-feira, 21 de outubro de 2008

'Created'

Uma interpretação acústica perfeita de uma música fantástica!

Esta vale mesmo apena ouvir até ao fim e garanto que o video apesar de simples é bem mais aprecíavel do que o vídeo da minha última entrada musical...


Created performed by Portugal. The Man

Esta música pertence ao último album dos Portugal.The Man, 'Censored Colors' e foi lançado no passado mês de Setembro. Na minha opinião o album é muito bom, e tem temas bastante melodiosos e simpáticos para o ouvido.
Para além desta 'Created' (que não é a versã original) destaco também:'Salt', 'Colors' e 'And I'.

Podem consultar o myspace deles através deste link:
http://www.myspace.com/portugaltheman/
e uma breve 'aprsentação' da banda que eu já tinha feito neste mesmo blog através do seguinte link:
http://fragileporcelain.blogspot.com/2008/06/portugal-man.html

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Knife by Grizzly Bear

A música é interessante.
O vídeo é...humm...SINISTRO!
Claro, que isto é só a minha opinião, e gostos não se discutem e bla, bla, bla...
Por isso, tirem as vossas próprias conclusões.

Ah! e sinceramente acho que para poderem apreciar verdadeiramente esta música é preciso estar com uma disposição bastante receptiva a sonoridades invulgares e aconselho a não verem o vídeo se tiverem sob o efeito de substâncias que provoquem ilusões estranhas porque o próprio vídeo já tem esse efeito :P

.
.
.
.
Arrisco a dizer com alguma certeza que depois do que leram ficaram mais interessados em verem o vídeo do que propriamente na música, acertei? :P Mas não era de toda essa a minha intenção...ouçam a música agora com atenção e de preferência sem verem o vídeo porque se não distraem-se outra vez :P

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

E hoje sinto me assim...


Exactamente como uma criancinha que esperou ansiosamente pelo dia de Natal, que imaginou todos os dias a hora em que finalmente iria estar frente a frente com o Pai Natal. Como uma criancinha que já sabia de cor o que lhe iria dizer quando o encontrasse assim como já sabia também a camisola que ia pedir a mamã para vestir para poder causar a melhor impressão e que na sua pura inocência já tinha decidido que bolachas iria pôr e o prato que iria escolher especialmente porque estava enfeitado com renas para conforta-lo da viagem longa. Como uma criancinha que passou horas e horas a imaginar como seria aquele dia, em que o mais importante nem eram as prendas mas sim o momento do encontro e de repente, já mesmo próximo do grande dia, a criancinha descobre que afinal o Pai Natal não existe...

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Nantes!*

Porque é me especial
Porque me lembra de ti
Porque faz me feliz
Porque é a banda sonora perfeita de um sonho
Porque a ouvi-la imagino-me num carrocel
Porque simplesmente, é aquela música...


Nantes performed by Beirut

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Today, Im feeling blue...

What else can I do?
But keep hoping for you...

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Amor num Tomate!


A Natureza tem destas coisas :)

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

DeVotchKa!


Mais uma banda que me foi relevada e que conseguiu fazer me prestar um pouco mais de atenção à sua música.
A sua sonoridade caracteriza-se por uma fusão de vários estilos musicais como Românico, Grego, Eslavo e Bolero com raízes de punk e folk americanos. Como se esta variedade de estilos musicais não bastasse importa mencionar ainda que os quatro membros que formam esta banda são multi-instrumentistas e que no seu conjunto total tocam 10 instrumentos musicais: teremim, guitarra, bouzouki (bouzouki?!), piano, trompete, violino, acordeão, sousaphone, baixo e percussão.
Devem estar a imaginar uma grande mixórdia, mas a verdade é que esta mixórdia acaba por ser bastante agradável de se ouvir e até tem tido bons resultados, tanto é que DeVotchKa é responsável pela maior parte da banda sonora do filme 'Little Miss Sunshine'e outras músicas da sua autoria aparecem em anuncios publicitários e num ou outro trailer de outros filmes.
Para não variar deixo-vos aqui uma música. Escolhi a 'How It Ends' que pessoalmente é a minha preferida, pela sonoridade e pela letra que é bastante interessante.
Podem também ler mais sobre esta banda aí ao lado em 'curiosidades & afins':P
Espero que gostem :)

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Dias inesquecíveis...





Na sexta-feira parti para um fim de semana que se adivinhava muito divertido, animado e cheio de aventuras na companhia de grandes amigos e outros que se revelaram uns grandes queridos. De facto foi um fim de semana como tinha previsto mas nunca pensei que tivesse a dimensão que teve.
Aconteceu de tudo e mais alguma coisa nestes dias memoráveis, desde de paragens de emergência na auto-estrada para fechar o capô do jipe que teimava em abrir, passando por altas gargalhadas a meio da noite no parque de campismo que resultaram numa reprimidela de um dos vizinhos menos tolerante, depois houve as horas intermináveis de dança na praia da Azurara, ao som de muita boa música, momentos óptimos que fizeram até esquecer o mau tempo, até se improvisou um bar aberto no jipe, onde houve muitos brindes (muitos mesmo), palavras sinceras trocadas, gargalhadas, fotos, brincadeiras e mais alguns brindes que desencadearam numa peripécia muito picante onde eu acabei com arranhões pelo corpo todo. Serviu de lição e nunca mais me aventurarei a ir 'aliviar-me' no mato onde houver plantas com espinhos e muito menos depois de algumas horas de brindes consecutivos. Com esta peripécia ainda se revelou um super-heroína que foi logo à minha salvação sem hesitar, pena foi ela também não estar na melhor das condições, mas enfim, valeu tudo a pena, e digo isto sinceramente, porque descobri pessoas fantásticas, vivemos momentos únicos e divertidos, partilhamos gargalhadas intermináveis todos juntos ao relembrar as aventuras e que apesar de tudo até vão deixar saudade e melancholia quando mais tarde forem recordadas. Posso até afirmar que não podia ter me despedido do Verão de maneira melhor :)

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

peixe : avião


Não, não é uma nova espécie de peixe que foi descoberta, nem pouco mais ou menos algo que se pareça. É sim uma banda nacional muito recente que tem uma sonoridade muito boa onda, deixando logo a sua melodia no ouvido e as palavras que compõem as suas letras na mente. Definitivamente as suas musicas transmitem uma energia inexplicável.
Para ficarem a conhecer um pouco melhor esta nova preciosidade no mundo da música nacional aqui deixo vos um pequeno texto que diz tudo e mais alguma coisa...

" Aqueles com memória mais curta serão tentados a ouvir em peixe : avião ecos de Radiohead e eles estão lá, efectivamente, mas enquanto herança de uma linhagem muito mais antiga, com genealogia nos pergaminhos de Canterbury e no rock progressivo dos primeiros Pink Floyd de Syd Barrett e dos Van Der Graaf Generator de Peter Hammill, passando pelo krautrock dos Faust ou dos Neu!. Mas se a estirpe é identificável, o que faz a singularidade de peixe : avião é a portugalidade que irradia, como se de repente tudo o que nos habituamos a associar à alma portuguesa, a melancolia dos seus poetas, o singelo das pequenas coisas, se cristalizasse em sons e palavras. Esqueçam o fado como Amália o popularizou e é macaqueado de Portugal ao Japão: o novo fado do século XXI é peixe : avião![...] é um milagre a música em si, o modo como a tristeza, o tédio, o abatimento, a espera, o cândido são adornados com a banda sonora perfeita e absoluta e cantados pela notável e estranha poesia de Ronaldo Fonseca, numa união imaculada e magnífica. Como se peixe : avião sempre tivesse existido algures no limbo da nossa inconsciência, na maresia das tardes de Verão, na aragem trazida pelas primeiras chuvas, e esperasse a junção dos vocábulos para tomar forma. Nesse sentido, nunca um nome espelhou tão perfeitamente o objecto que designa. Porque nunca a dissemelhança foi tão harmoniosamente enlaçada na criação do novo como acontece com peixe : avião."
por Adolfo Luxúria Canibal

Ficaram curiosos?
Aqui fica então o clip de vídeo para o single de avanço "A espera é um arame". Aproveitem e deliciem-se :p

domingo, 17 de agosto de 2008

Depois De Um Tempo...


"Depois de um tempo você aprende
a subtil diferença entre
segurar uma mão e acorrentar uma alma
e você aprende
que amar não significa apoiar-se
e companhia não quer sempre dizer segurança
e você começa a aprender
que beijos não são contratos
e presentes não são promessas
e você começa a aceitar suas derrotas
com sua cabeça erguida e seus olhos adiante
com a graça de mulher, não a tristeza de uma criança
e você aprende
a construir todas as estradas hoje
porque o terreno de amanhã é
demasiado incerto para planos
e futuros têm o hábito de cair
no meio do vôo
Depois de um tempo você aprende
que até mesmo a luz do sol queima
se você a tiver demais
então você planta seu próprio jardim
e enfeita sua própria alma
ao invés de esperar que alguém lhe traga flores
E você aprende que você realmente pode resistir
você realmente é forte
você realmente tem valor
e você aprende
e você aprende
com cada adeus, você aprende."

Veronica Shoffstall

Descobri este poema ao acaso quando andava a explorar obras e textos de alguns autores e deparei me com este poema mas numa versão mais extensa e sob a autoria de William Shakespeare, mas pelo pouco que conheço dele, achei que este poema não fazia muito seu género e então tentei averiguar ao certo a que obra pertencia, mas tudo que encontrava fazia referencia a William Shakespeare e cada vez surgia uma versão diferente para este mesmo poema. Lembrei me então de perguntar a quem é mais entendido do que eu nesta matéria (já que ele próprio escreve lindamente) e ainda bem que assim o fiz, pois vim a saber que na verdade este poema é da autoria de Veronica Shofftall e foi escrito em 1971, quando ela tinha 19 anos.
Resta me agradecer então a ti Bruno :) por teres me ajudado a descobrir o autor deste poema lindo e cheio de verdade que merece ser divulgado com todo o mérito mas sob o nome do seu verdadeiro criador.

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Love Actually...

Recomendaram me a fazer este teste e como eu até achei a ideia interessante assim o fiz e eis o resultado :)



"Você é criativo até na maneira de proclamar o seu amor e está sempre a pensar em novas maneiras de surpreender. É também alguém que consegue apreciar o amor por si só e não necessariamente por ser correspondido."

Coincidência ou não, este é um dos meus filmes favoritos e a cena do filme a que eu aparentemente correspondo é sem duvida a minha cena preferida do filme.

Aqui deixo o link para quem tiver curiosidade em saber a que cena de filme romântico corresponde ou até que jogador de futebol dos anos 80, com bigode seria ou então se fosse uma frase de engate, qual seria? ;)

http://radiocomercial.clix.pt/animar/testes/

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Nada Surf


Bem, mais uma vez venho aqui divulgar uma banda que descobri quando andava a explorar versões alternativas da música clássica e eterna "Where Is My Mind?" dos Pixies e também interpretada pelos Placebo noutra versão que na minha opinião não varia muito da original dos Pixies, mas eu não sou nenhuma especialista em critica musical para poder falar mais sobre isto. A minha sensibilidade musical apenas me permitiu ouvir esta versão da música interpretada pelos Nada Surf e saber que me agrada e me despertar curiosidade em descobrir e ouvir outras músicas desta banda e assim destaco 'Are you lightning?','Inside Of Love','If You Leave' e 'Your Legs Grow' que recomendo a ouvirem também ;) estas músicas são bastante calmas e tranquilas, são daquele género que se adequam como banda sonora perfeita para aqueles momentos melancólicos e mais dramáticos em séries de televisão ou filmes, mas eles também interpretam outras músicas mais 'pesadas'.
Esta versão da música "Where Is My Mind?" é mais 'suave' e transmite paz e tranquilidade ao contrário das outras versões da música que são mais enérgicas .
Deixo então aqui para ouvirem a tal versão 'alternativa' da brilhante música "Where Is My Mind?".
Espero que gostem ;)

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

You, always you...



Porque já não tenho palavras
Porque já não sei no que acreditar
Porque já não sei o que é verdade
Porque já não sei o que é ilusão
Porque me doi a alma desta incerteza...

APÚLIA - Summer & Friends


Bem, nem sei por onde começar. Estes últimos dias forma repletos de aventuras, brincadeiras, peripécias e cumplicidades. Dias muito bem passados na praia com amigos e alguns meros conhecidos que com o passar do tempo se revelaram grandes companheiros de sessões de cinema a altas horas da madrugada e almoços improvisados porque certas pessoas faltaram à promessa de uma massa à bolonhesa. Muitas brincadeiras na praia, onde se revelavam jogadores de volei e até de râguebi, contorcionista, fotógrafos e alguns paparazzi sempre com a maquina na mão para capturar todos os momentos preciosos passados juntos e em plena harmonia. Até se invadiu o posto de vigia dos nadadores salvadores que só andavam a passear de apito na mão :p As noites eram passadas nos bares das redondezas ou então em discotecas e bares onde se servia sangria a valer 10€ e gelo a 5€, em contrapartida a esta sangria tão valiosa também descobriu-se um café onde o vinho do porto era só a setenta cêntimos, este facto tinha as suas vantagens e as suas desvantagens ;)
Tantas coisas que aconteceram nestes últimos dias que é impossível seleccionar os mais significantes porque todos os acontecimentos foram de igual importância.
Consegui resumir em poucas palavras tantos dias fantásticas passados com pessoas fantásticas que proporcionaram me um dos melhores Verões até agora :D
E já está prometido, para o ano há mais :D

Devo acrescentar que dias antes também passei por Amarante onde passei também dias muito agradáveis e também em muita boa companhia :)

domingo, 3 de agosto de 2008

terça-feira, 15 de julho de 2008

Pura Inocência


- O que queres ser quando fores grande?
- Uma flor.


O que acabaram de ler é uma daquelas perguntas chatas e frequentes que os adultos tanto gostam de fazer às criancinhas enquanto lhes apertam as bochechas ou lhes dão palmadinhas na cabeça.
A resposta, é na minha opinião, um dos sinais mais claros da inocência das crianças, da pureza dos seus pensamentos, da autenticidade do seu ser.

É pena que o mundo em que vivemos e a vida que temos que enfrentar nos obrigue a acordar desse mundo de fantasia livre de preocupações, onde tudo está bem, onde todas as pessoas são felizes e tanto o sol como a chuva é bom, e o dinheiro só é importante porque serve para comprar gelados. Um mundo onde podíamos ser autênticos e puros e 'vencíamos' na vida na mesma. Uma vida onde a única coisa que realmente importava era não perder os lápis de cor e ganhar o torneio de corridas de gafanhotos...

Que bom é ser criança e viver na pura inocência :)

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Devaneios meus...


Mas mais um dia passou
Mais uma vez adormeci a pensar em ti
Espero por um sinal, por um prenuncio, por uma qualquer significação
Que me ilumine o caminho a seguir
Esperar ou partir?
Mas o sinal nunca mais chega
O prenuncio é incerto
A significação atraiçoa os meus pensamentos
O tempo passa e tudo começa a desvanecer
Sirvo me de lembranças, recordações e momentos vividos nossos
Na tentativa de manter te presente na minha vida
Na esperança de que talvez um dia voltes a fazer parte dela
Até lá, enquanto nada é real
Espero mais um dia
Como esperei ontem
Como esperarei amanha
Como esperarei até que algo seja real…

sexta-feira, 11 de julho de 2008

'Take Me Into Your Skin'

Aquela música capaz de me transportar para um lugar inalcançavel fisicamente; para um lugar que apenas existe na minha imaginação...



Take me into your skin - Trentemoller

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Beirut & Super Mario = Scenic World?

Aqui deixo mais uma brilhante obra de arte dos Beirut.
Desta vez é uma sensacional actuação ao vivo e é simplesmente fantástica.

Eu encontro semelhanças da melodia inicial desta música com a que acompanha o eterno vídeo jogo Super Mario :p ...talvez esta semelhança encontrada seja apenas um devaneio meu ou o resultado de tantas e tantas vezes ouvir a mesma música enquanto jogava aquelas aventuras espectaculares do Sr. Mário lá naquele mundo imaginário com cogumelos que o faziam crescer e flores que lhe davam super poderes para enfrentar os seres curiosos que lhe apareciam enquanto rumava à salvação da princesa no castelo guardada pelo dragão…
Saudade desses tempos :)

Se calhar esta música até é mesmo uma espécie de homenagem a esse jogo clássico já que o nome da musica também é bastante sugestivo:'scenic world', quem sabe? Também pode ser apenas fruto da minha imaginação, mesmo assim deixo aqui este meu devaneio :p

Ainda assim recomendo que ouçam a música que vale bem a pena! E porque não? Tirem as vossas próprias conclusões ;)




Scenic World performed by Beirut

terça-feira, 8 de julho de 2008

The music that soothes my soul...

O video é curioso, a música é fantástica...
Esta música já data de algum tempo, mas com o passar do tempo consegue ter sempre e o mesmo efeito em mim - Apazigua-me a alma :)




Somersault performed by Zero 7

segunda-feira, 7 de julho de 2008

*BEIRUT*


Como prometido aqui estou eu para divulgar mais uma das minhas bandas preferidas, se não até a preferida do momento. Esta, foi uma pessoa especial :) que me deu a conhecer as sonoridades folk e indie compostas por partes instrumentais capazes de fazer me fechar os olhos inconscientemente e 'sentir' completamente a música desta banda.

Beirut é liderada por Zach Condon, um moço muito jovem e muito talentoso que compôs a maioria das músicas do primeiro albúm no seu quarto, tocando todos os instrumentos sozinho. Um poço de talento que promete ainda muito futuramente e neste contexto a banda até cancelou alguns concertos que estavam agendados para Portugal porque dizem eles que querem investir em novas experiências musicais.

Deixo aqui uma das músicas mais bonitas na minha opinião que é acompanhada por um videoclip fantástico que mostra as coisas boas da vida, momentos de felicidade e cumplicidade vividos com amigos, família e pessoas queridas :D
Recomendo que vejam, e mesmo que a música não vos diga nada inicialmente deixai os vossos sentidos despertar porque a música melhora a cada segundo ;)


Postcards from Italy performed by Beirut

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Amy Winehouse - O antes... o depois já nós conhecemos bem

Dêem uma vista de olhos a este vídeo da Amy Winehouse de 2003 e reparem nas diferenças do antes e o depois...



Aqui sem as tatuagens, sem aquela trufa de cabelo falso, sem a droga e o alcool e com mais uns quilinhos em cima.
Ela não é propriamente daquelas artistas que têm a beleza como uma mais valia, mas neste vídeo pode se ver que ela na verdade não é assim tão 'desagradvel' como parece e aqui pode se perceber o verdadeiro talento desta cantora. É triste ver em total decadência uma estrela, com uma das melhores vozes da actualidade. Enfim, um verdadeiro desperdício de talento.
Na minha opinião, se o talento dela fosse gerido da melhor maneira ele poderia sem dúvida chegar perto do estatuto da Madonna, se não até atingi-lo, porque ela sim sabe cantar e bem!
Resta nos apenas esperar para ver o que se aguarda para a Amy, sem querer agoirar, mas pelo rumo que tomou a vida dela, parece-me que aguarda-lhe mais umas quantas sessões de 'rehab'e nem quero mencionar o pior...

"...E é como quando pensas que estás a chegar e não deste um passo..."



Se a chama chega,
E ninguém chega à chama
Do que vale arder?
Se o barco parte sem velas,
De que serve a maré?

Não se mostra o trajecto
Quem parte para se perder
Não se dá boleia
Quem precisa de ir a pé

E é como quando pensas que estás a chegar
E não deste um passo

Onde eu estou, nada mais pode crescer
Eu sou assim, uma fénix a arder
São os meus erros, é toda a minha culpa

Hoje até o ar anda cansado
Preciso de um enigma
P'ra pôr fim ao torpor
Não sei o que me deu, não costumo estar assim
Desço a rua que passa, rente à boca do mundo

Sinto a vida que passa
E os rumores que circulam na boca do mundo

Onde eu estou, nada mais pode crescer
Eu sou assim, uma fénix a arder
São os meus erros, é toda a minha culpa
E é tudo o que faço
E é todo o meu cansaço

Por fim, por fim...

Sinto a vida que passa
Na boca do mundo, não se sabe quem é quem…

'Boca do Mundo by Mesa'

sábado, 28 de junho de 2008

Portugal. The Man



Estranho que pareça este titulo do post é nem mais nem menos uma banda de música. É verdade!
"Descobri" esta banda quando estava a fazer mais uma das minhas habituais visitas ao youtube na busca de sonoridades novas e achei curioso o nome da banda e quando fui ouvir a música deles fiquei agradavelmente surpreendida. A música é diferente e agradável de ouvir e transmite boas energias, claro que isto é só a minha opinião e gostos não se discutem, mas achei que valia a pena divulgar esta banda aqui.
Para já o nome da banda constitui um motivo suficiente de interesse, já que esta banda decidiu usar o nome do nosso humilde país para os representar.
Pelos vistos os quatro moços que formam a banda queriam dar à banda um nome que transmitisse uma sensação "bigger than life" mas sem querer nomeá-la com o nome de apenas um membro da banda, então decidiram seguir a ideia de escolher um país pois representa um grupo de pessoas, e Portugal foi o primeiro país que lhes veio à ideia.
Dizem eles que o nome da banda é Portugal e é por isso que tem um ponto a seguir, e que The Man simboliza o grupo como apenas uma pessoa sem querer dar mais importância a um ou outro membro.
Confuso? Um pouquinho, admito, mas estas bandas são mesmo assim, diferentes, complicados e irreverentes, mas que fazem boa música, fazem!
Aqui no meu blog deixo o link do 'myspace' desta banda porque na minha opinião a música deles merece ser divulgada e reconhecida. E é um orgulho para nós portugueses ter uma banda internacional com o nome do nosso país.
Se gostam de sonoridades diferentes passem por lá, garanto que não vão se arrepender.


Eu bem queria que este post se assemelhasse mais aqueles que se vêem por ai,que fazem comparações de géneros musicais e essas coisas mas a minha capacidade critica apenas me permite dizer que é bom de se ouvir - simples e eficaz :p
**
Qualquer dia venho falar de outra banda, Beirut, mas esta vai pelo nome da capital do Líbano, mas faz igualmente música muito boa e que me marcou de uma forma muito especial ;)

terça-feira, 24 de junho de 2008

Há noites fantásticas não há? ; )

O meu regresso a Vila Real foi definitivamente bem empregue e como foi bom reencontrar os meus amigos que já não via há apenas umas semanas mas que já fazia sentir saudades que parecia ser de anos, e nada melhor para matar as saudades e recuperar o tempo afastado como fazer um dos nossos jantarzinhos habituais ; )

Ontem foi sem dúvida mais uma daquelas noites em que me apercebi o quanto sortuda sou por ter os amigos que tenho e por ter o privilégio de poder desfrutar de momentos únicos, divertidos e inesquecíveis com eles :D
Num jantar, entre grandes amigos, de arroz de marisco acompanhado por bastante e bom vinho, houve lugar para tudo. Muitas fotos se tiraram, ou eram fotos da anfitriã do jantar a pousar da maneira que só ela sabe ou eram fotos de eu a fazer caretas enquanto abria mais uma garrafa de vinho, ou eram fotos de nós simplesmente porque nos apetecia ou fotos daqueles simples momentos de grande cumplicidade e união que definitivamente mereciam ser recordados mais tarde. Houve gargalhadas altas e divertidas que nunca mais terminavam, muitos brindes, gritos a ecoaram pela N.Sra da Conceição, muitos abraços e beijinhos, gelado de chocolate distribuído não só pelos pratos da sobremesa mas também pela minha roupa, enfim... o resto é fácil de imaginar ; )
Nesta memorável noite, até houve tempo para uma sessão de maquilhagem em que até conseguiram convencer-me a deixarem me maquilhar e tenho que admitir que até gostei do resultado : p
Depois disto, entre mais fotos, mais risadas e mais brincadeiras finalmente rumamos ao nosso destino imprescindível, o Pioledo, onde nos "abastecemos" com mais um pouco de "alegria" através de caipirinhas e shot's ; )
E para terminar em grande não há nada como ir dar um pezinho de dança ao sitio de costume, onde dançamos noite dentro como se não houvesse amanha e até não poder mais :D
Enfim, foi sem dúvida mais uma noite inesquecivel e igual a tantas outras vividas igualmente com alegria e sempre com melhor das companhias :D

Resta me agradecer aos meus grandes queridos amigos por estes belos momentos porque sem eles nada disto seria possivel. Um grande obrigada a todos voçes por serem os elásticos das minhas cuecas, pois "a vida sem amigos é como umas cuecas sem elásticos!" ; p
Voçes sabem quem são ; )
E venham muitas mais destas noites fantásticas :D

sábado, 21 de junho de 2008

You...

I’ve been thinking too much about you
See the sunset with no sleep at all
Constantly thinking about you
And I can’t get through this at all
I’ve been thinking too much about you
I’ve been staring at the floor
I’ve listened to all the tunes I love
but made me feel quite blue
I’ve been thinking too much about you
See the sunrise still no sleep at all
Constantly thinking about you
And my eyelids won’t close at all...
From Moan performed by Ane Trolle ft. Trentmoller

terça-feira, 17 de junho de 2008

«Poema da F*da»

Antes demais, tenho que avisar que o que vão a ler a seguir contém linguagem inapropriada. Ainda tive dúvidas se deveria publicar este mail que me enviaram ou não devido à sua natureza, mas depois decidi que apesar de tudo está aqui um belo poema! ;)

Neste Portugal imenso
Quando chega o verão,
Não há um ser humano
Que não fique com tesão.
É uma terra danada,
Um paraíso perdido.
Onde todo mundo f*de,
Onde todo mundo é f*dido.
F*dem moscas e mosquitos,
F*dem aranhas e escorpiões,
F*dem pulgas e carrapatos,
F*dem as empregadas com os patrões.
Os brancos f*dem os negros
Com grande consentimento,
Certos 'amigos' f*dem as noivas
Até quase à hora do casamento.
General f*de o Ministro,
Autarca a ordem de prisão.
E os gajos da Assembleia da República
Vivem f*dendo a nação.
Os frades f*dem as freiras,
O padre f*de o sacristão,
Até na seita do crente
O pastor f*de o irmão.
Todos f*dem neste mundo
Num capricho que alivia.
E os danados dos VIP'S
F*dem os putos da Casa Pia
Parece que a natureza
Vem-nos a todos dizer,
Que vivemos neste mundo
Somente para f*der.
Você, meu nobre amigo
Que agora se está a entreter,
Se não gostou da poesia
Levante-se e vá-se f*der!!!

Autor Desconhecido

Insónia

A casa está silenciosa. O quarto está escuro. A única fonte de iluminação vem do visor do telemóvel. Os únicos barulhosque se ouvem é o 'tic toc' do relógio em cima da mesinha de cabeceira e lá fora de vez em quando ouve-se um cão a ladrar, e o som dos ramos da cerejeira a roçarem na persiana. Ando às voltas e às voltas na cama, tantas são as voltas que dou que os lençóis ficaram fora do sitio e de repente parecem mais compridos e começam a estorvar. O tempo passa devagar e o 'João pestana' não vem...fico a olhar à minha volta, os meus olhos já se adaptaram à escuridão e consigo visualizar bem os pormenores do meu quarto. O sono ainda não se faz sentir e então fico a pensar em coisas, em momentos sentidos, em sentimentos vividos...a minha mente é uma teia de aranha...um pensamento leva a outro, uma recordação aviva outra e quando dou por mim já é madrugada. A claridade começa a entrar pelos espaços da persiana mal fechada, o cão já não ladra mas agora ouvem se os passarinhos que insistem em ir cantar na cerejeira. Dou mais uma volta e mais outra. Agora os pensamentos começam a ser mais espaçados, mais escassos, menos significantes...Lentamente começo a sentir me leve e distante, os meus olhos estão mais relaxados, a claridade já é escuridão, os sons já não importam...Finalmente, o sono apoderou-se de mim. Estou a dormir. Entrei no mundo inconsciente dos sonhos, imagens estranhos atravessam a minha mente, pessoas aparecem e desaparecem, significações são relevados em pequenos pormenores...De repente o meu sono é invadido por som! Ouço alguém que parece estar muito longe chamar por mim. Começo a recupera a consciência. Pensamentos invadem me de novo a mente, mas desta vez são de irritação e frustração por saber que tenho que acordar...Começou um novo dia...

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Verão de "Badano" :p

As senhoras mais idosas juntam se à entrada das suas casas que por dentro estão repletas de santinhos populares e bibelores que foram trazidos pelos seus filhos emigrantes. Sentam-se nas suas cadeiras desdobráveis e com os seus aventais ao xadrez sobre o colo lá vão fazendo na renda ao mesmo tempo que coscuvilham a vida da vizinha que comprou mobília nova ou falam sobre a filha de 'fulana' que chegou às tantas da madrugada a casa.
Aos domingos os homens vão tomar o seu cafézinho e depois jogam umas quantas partidas de raióla enquanto bebem umas cervejas e petiscam uns tremoços para aliviar da longa semana de trabalho que tiveram a trabalhar nas obras, cavar as vinhas, lavrar a terra, e por ai fora...
Aos sábados é dia da malta mais jovem sair. Juntam-se no sitio do costume, bebem uns copos e conversam sobre a pressão da faculdade, das ultimas novidades amorosas, contam umas piadas e debatem outros temas que estão sempre presentes em conversas de jovens. Depois, mais logo, vai-se até ao país vizinho beber mais uns copos e socializar mais um pouco por outras bandas e de outras maneiras ;p
As senhoras vão dar os seus passeios de rotina depois do jantar. Dizem elas que é 'para fazer a digestão' ou 'para esticar as pernas'. As que ficam em casa sentam-se na rua nos murros de casa e vão conversando cordialmente com as pessoas que ali vão passando.
Os miúdos vão para o campo jogar à bola se as luzes tiverem ligadas, se não ficam-se na mesma por ali a conversar, brincar e pregar algumas partidas. Tudo é desculpa para não ficar em casa, alguns só vão mesmo a casa à hora da refeição :)
Depois temos o rio, o nosso belo rio Douro, uma das nossas mais valias :) Muitos são aqueles que transformas as suas margens em verdadeiros parques de campismo. Ali, juntam-se famílias, vizinhos e amigas que vivem durante alguns dias aventuras e desventuras sem se importarem se quer com os mosquitos, o chão duro na hora de dormir, ou mesmo com aquele individuo que ressona um pouco mais alto :p
Mas o ponto alto do Verão é o fim de semana da festa em honra da santa da terra. Todos têm indumentária nova para usar no dia da missa, o mais curioso é que metade das pessoas vão até a igreja mas nem se quer chegam a entrar. Ficam por ali, encostados aos muros e às paredes, de preferência à sombra, a contemplarem-se uns aos outros e deitarem de vez em quando um ouvido à missa que se pode ouvir nas colunas que foram colocadas pelas ruas para alegrar a aldeia nesta época com música (de gosto duvidoso na minha opinião) juntamente com arcos coloridos. Claro que à noite há o bailarico com 'bandas bem requisitadas por essas terras fora'. Aqui toda gente dança, novos e velhos, mulheres e homens, crianças e jovens, fazem o comboio e rodas onde são todos bem-vindos. Claro que o ambiente festivo e a cerveja ajuda :p Pelo meio há o tão esperado sorteio, onde se fica a saber quem são os contemplados dos prémios em causa e também há um espéctaculo de fogo artificio que também costuma ser um dos pontos altos da noite. Lá para o final da noite, a malta mais jovem junta-se à frente do palco e pedem música mais alternativa e ali ficam a dançar, a rir, e a brincar pela noite e madrugada fora...
Depois disto, o movimento começa a diminuir e pouco a pouco volta-se a monotonia e regularidade de qualquer outra aldeia pacata onde toda gente se conhece e vive em comunidade :D

domingo, 15 de junho de 2008

Mentiras pouco convincentes :p

*Advogado: Este processo vai ser rápido!
*Cigano na feira: Se houver alguma coisa, venha cá que eu troco.
*Anfitrião: Já vão? Ainda é tão cedo.
*Aniversariante: Um presente? A tua presença é mais importante.
*Bêbado: Sei perfeitamente o que estou a dizer.
*Casal sem filhos: Apareçam quando quiserem. Adoramos os vossos filhos!
*Dentista: Não vai doer nada!
*Devedor: Amanhã sem falta!
*Filha de 19 anos: Dormi em casa de uma amiga.
*Orador: Só mais duas palavrinhas...
*Peixeira: Pode levar freguesa, é bem fresquinho!
*Pobre: Se fosse milionário espalhava a minha riqueza por todo mundo.
*Vendedor de sapatos: Depois alarga no pé.

Quem é que nunca ouvi pelo menos uma destas mentiras pouco convincentes? :p

Ode ao Amor

Aqui vai a letra de uma música que eu acho que é uma verdadeira Ode ao Amor.
A música chama-se Brighter Than Sunshine e é dos Aqualung. Fala daqueles alturas na vida em que pensamos que não vale apena acreditar no amor, mas depois acontecem coisas que nos fazem ver que o amor brilha mais que o sol e que vale sempre apena ;)
Espero que gostem :p

I never understood before
I never knew what love was for
My heart was broke, my head was sore
What a feeling
Tied up in ancient history
I didnt believe in destiny
I look up you're standing next to me
What a feeling
What a feeling in my soul
Love burns brighter than sunshine
Brighter than sunshine
Let the rain fall, I don't care
I'm yours and suddenly you're mine
Suddenly you're mine
And it's brighter than sunshine
I never saw it happening
I'd given up and given in
I just couldn't take the hurt again
What a feeling
I didn't have the strength to fight
Suddenly you seemed so right
Me and you
What a feeling in my soul
Love burns brighter than sunshine
Love will remain a mystery
But give me your hand and you will see
Your heart is keeping time with me
What a feeling in my soul
Love burns brighter than sunshine
Let the rain fall, I don't care
I'm yours and suddenly you're mine
I got a feeling in my soul ...

28 de Outurbro

Eu sou bastante curiosa no que respeita a esoterismos, ou seja, tarots, astrologia, signos e afins sucistam me bastante interesse e às vezes até chego a acreditar nestas forças misteriosas, sendo que devo confessar que lá no fundo acho que acredito mesmo, ou pelo menos no que me convém :p
O outro dia andava eu a passear por portais deste genero quando me deparei com um teste muito curioso que dita a nossa personalidade através de cartas, daquelas normais, segundo a nossa data de nascimento e eis o meu resultado:

7 de copas
Doar-se sem esperar nada em troca é a sua filosofia de vida.
Espiritualizado e idealista, você não se preocupa em adquirir bens materiais e não faz a mínima questão de obter reconhecimento das pessoas que ajuda.
Mesmo assim, a sorte está sempre ao seu lado e lhe permite alcançar o sucesso e lhe permite alcançar o sucesso e a prosperidade.
Para quem nasceu com esse naipe, nada é mais importante que o amor.
Mas não apenas o amor dirigido a um parceiro: você ama intensamente a vida, a natureza, as crianças.
É compreensivo, sensível e doce.
Tem talento artístico e pode se realizar como músico, pintor, escritor ou actor.
Eternamente jovial, nunca perde a esperança de viver dias melhores e faz questão de aproveitar intensamente cada minuto da vida.

Quem não me conhece deve tar a pensar: "Olha me esta convencida!" ou outros mais sarcásticos até me podem comparar à Floribella :p ....mas na verdade, eu até me identifico bastante com estas caracteristicas, mas apesar de aqui só estarem coisas agradaveis, também confesso que tenho outras caracteristicas desagradaveis, tal como uma verdadeira descendente do signo Escorpião, com muito orgulho, devo acrescentar :p

Aqui deixo também o link do site onde fiz este teste e aconselho a experimentarem, é muito fácil e rápido e os resultados supreendem ;)http://br.geocities.com/lyndha2001/cartas/cartindex.htm



E pronto!

...E pronto está (re)iniciada a minha aventura no mundo dos blogs.

Não posso dizer que é a primeira porque na verdade ja tinha criado outro blog, mas só lá escrevi uma vez, e curiosamente, comecei pelo motivo que começo este: aborrecimento!

Mas como tava a dizer já tinha um blog e hoje por acaso queria lá voltar para passar o tempo e escrever qualquer coisa mas distraida como sou não me consegui lembrar do link e pronto tive que iniciar outro...

Espero que neste, deixe mais contributos do que no anterior e que o interesse por este se mantenha por mais tempo :p

Ah! Devo esclarecer que não garanto que os contributos que aqui vou deixar são interessantes ou que sejam desabafos filosóficos bem escritos como se vé em alguns blogs bem mais dignos do que este humilde pseudo blog no inicio da sua vida...apenas posso garantir que vou aqui depositando pensamentos à medida que se opurturnem e talvez agumas letras de músicas que me suscitem interesse e outras meras tolices ou desabafos que me apeteça divulgar neste blog para quem quiser ler ou simplesmente para ocupar o tempo :p

Bem, aqui está a primeira "mensagem" ...vamos ver se haverá uma segunda :p